Scrum não subistitui gerenciamento de projetos

Esse assunto é de natureza polêmica. O Scrum é uma metodologia ágil focada em gerência de projetos. Na minha opinião dentre as metodologias agéis disponíveis no mercado Scrum é a mais eficiente e mais realista. Porem o que acontece é que existem vários níveis de gerenciamento começando com o planejamento diário, passando pelo gerenciamento da Sprint(Iteração) e por fim no gerenciamento do projeto.

Scrum atua no gerenciamento de tarefas, ou seja, no planejamento diário e no planejamento da Sprint. Isso por si em muitos casos não é suficiente. Em projetos de manutenção de sistemas, caso você não considere o uso do cliclo de projetos EUP, o Scrum é uma excelente opção. Em termos de desenvolvimento de sistemas pode ser uma boa opção também mas ai existem outros fatores na jogada.

O que é bom no Scrum é a questão da escalabilidade, de fato ele pode suportar o crescimento de sua equipe, através de um S.O.S ( Scrum of Scrums). Além de poder ser aplicado em projetos grandes e pequenos provendo um protocolo da comunicação e colaboração muito eficaz.



Onde os equívocos começam?

O ser humano por natureza tende a culpar qualquer coisa, inclusive outros seres humanos quando o mesmo fracassa. O mesmo acontece com ferramentas e processos, é comum que quando as coisas dão errado essas(Ferramentas,processos) são os primeiros a levar a culpa. E claro as pessoas não tem culpa nenhuma. Isso é muito errado e muito comum.

A polêmica dos Cronogramas

Muitos agilistas questionam veemente o uso de cronogramas. E dizem que eles não servem para nada e sempre estão errados. Eu particularmente tenho uma opinião agnostica sobre o assunto. Por que de fato em um projeto de software é extremamente complicado prever com precisão a data de termino de um projeto. Porem eu acho eXtremo dizer que "Cronogramas não funcionam" simplesmente por que:
  • Muitos cronogramas falharam
  • Um projeto de software é sempre diferente de outro projeto
  • A predicatibilidade de se construir um software é menor do que a de se construir uma ponte ou uma casa.
  • Só deus sabe o futuro
Ao meu ver essas questões são obvias e de fácil percepção. A verdade é que o problema não são os cronogramas, mas sim as pessoas. Pessoas são imprecisas e muitas vezes não estão capacitadas para gerenciar um projeto.

Quanto maior o projeto, e não necessariamente estou falando de projetos de missão critica, mais complicado será do gerente gerenciar. Projetos maiores ou de missão crítica exigem um gerente com muita experiência e com grandes skills de gerenciamento de projetos.

O cronograma é uma excelente ferramenta, mas muitas vezes os gerentes de projeto não conseguem utilizar bem esse recurso.

A verdade sobre projetos de software

Muitos projetos de software fracassam. E eu não estou falando de projetos que utilizam ou dizem utilizar os "recursos" clássicos da engenharia de software e rup. Projetos agéis falham também e muito... Quem duvida, confira o projeto C3.

A verdade é que a aérea de desenvolvimento de software e engenharia de software é muito nova. Comparada com Engenharia e outras aéreas a aérea nem é um espermatozóide ainda. Então podemos concluir, até mesmo pelos resultados de projetos tradicionais ou agéis, que talvez nos não estamos preparados o suficiente para desempenhar a função.

Existem profissionais muito bons e outros nem tanto, mas o fato é que só com o passar de muitos anos nos vamos amadurecer e a cada vez mais entregar produtos de qualidade.

Scrum + GP

Para finalizar que Scrum não substitui gerencia de projetos, pelo contrário um ajuda o outro. Acredito que eles se completam. Mas ainda assim necessitamos de um bom GP; O fato de simplesmente ignorar cronogramas e custos e tudo mais relacionado a abordagem tradicional não vai fazer com que os problemas sumam.

Até a próxima.

Popular posts from this blog

Telemetry and Microservices part2

Installing and Running ntop 2 on Amazon Linux OS

Fun with Apache Kafka