StackWars: SS ou Redhat?

Recentemente a SpringSource os criadores e mantenedores do Spring Framework, adquiriram a Covalent uma empresa especializada em Tomcat, um pouco antes disso o project leader do AspectJ e um dos grandes responsáveis pela parte de Aspectos no Spring começa a se envolver com OSGI, qual é o resultado disso? Spring DM, uma solução que une o contexto do Spring Framework com OSGI.

OSGI é um padrão de fato de mercado des de 1999, agora que a coisa está evoluindo para o ServerSide, a SpringSource foi pioneira nisso, logo depois seguida pelo pessoal do Glassfish. Não é modismo, OSGI é uma solução muito robusto que vai resolver diversos problemas que o J2EE não resolveu!

O JBoss vai lançar um solção com OSGI, mas até onde eu sei não será com a mesma magnitude da SS/Glassfish, a ideia do JBOSS é o kernel modular com MBeans.



Nesses dias vimos que a SpringSource comprou a G2One, empresa que mantinha o Groovy e o Grails. Tanto é que os caras já fizeram um release. O Próprio Rod Johnson disse que existe muito interesse dos caras nisso.

O que pode vir?

Uma solução robusta: Spring + OSGI e de repente com toda a produtividade do Grails. É provável que a integração do Spring com o Groovy fique ainda melhor do que é hoje.Como todos sabem a SS está indo em uma linha muito mais corporativa, na prática o mercado corporativo ficou dividido agora.

Não me resta dúvidas que para desenvolvimento de sistemas, produtividade e robustez a solução da SS é a melhor que existe no mercado, porem se pensarmos em operações a Redhat está na ponta.

Na prática como os caras são do Linux, eles tem o SO de produção e o servidor, agora eles estão investindo em uma solução para monitoramento e controle de sistemas muito boa que é o JON.

A Mudança do Mercado

As grandes soluções java que conhecemos estão divididas entre poucos vendors, na minha opinião o file ficou com a Redhat e com a SS. Claro que existem diversas soluções open source totalmente mantidas pela comunidade que são viáveis de se usar, mas o o grosso dos sistemas como conhecemos hoje está na mão dessas empresas!

A Escolha de uma Stack

Por questões como suporte, SLA e políticas corporativas a coisa pode dar uma guinada de 360º. Essa mudança na prática nos(empresas grandes/projetos grandes) voltados talvez para um grande vendor novamente.

Mas e o WORA?

Hoje em dia isso é uma piada, na prática não temos mais isso. Não sei bem se em algum momento tivemos isso de fato.

É muito difícil um empresa ficar cheia de contratos com diversos vendors Java, ainda mais com a nova política de manutenção da SS, isso fechou as possibilidades para o mercado. Ainda é possível ficar com Spring open source, mas caso existam bugs e a aplicação seja critica e você não ache um workaround, vai esperar meses até o próximo major release? Na prática as grandes empresas não vão fazer isso.

A Comunidade

Bem ou mal isso acaba afetando a comunidade, não sei em quanto, por que o Spring já está enraizado de tal forma por aqui que Java e Spring são sinônimos. Mas isso vai afetar futuros projetos open source não sei se vão para o Plexus ou o Guije.

A questão é que as coisas no mercado corporativo do Java estão mudando e muito rápido, precisamos ficar espertos!

Popular posts from this blog

Telemetry and Microservices part2

Installing and Running ntop 2 on Amazon Linux OS

Fun with Apache Kafka