BPM com BizAgi Process Modeler

Faz alguns meses que um amigo(Cássio Dias) meu me indicou a solução de BPM do BizAgi, neste post vou falar um pouco mais dessa solução e da ferramenta free que eles possuem de modelagem de processos de negócio.

Solução de BPMS

BizAgi tem uma solução de BPM, ou seja, um BPMS, essa solução completa é paga. O que é gratuito é a primeira parte do ciclo deles que é a modelagem, o BizAgi Process Modeler, que é 100% compatível com BPMN 1.1.

A Solução deles é completa, com simulação, BAM e tudo mais, nesse post não vou falar da solução completa de BPMS mas sim da ferramenta de Modelagem.



BizAgi Process Modeler

Com essa solução você pode fazer a identificação e design de processos que existem ou vão ser criados. O editor é muito parecido com o Office da Microsoft. Isso é bom por que aproveita o modelo mental dos usuário e faz com que o uso da ferramenta seja facilitado.


É muito fácil de desenhar um processo com essa solução, por que quando você clica em qualquer componente ele já dá as opções de continuação do fluxo no próprio componente deixando assim o desenho do fluxo muito fácil e muito ágil.

A Ferramenta conta diversas opções de exportação sendo elas: Imagem, Word, PDF, Visio e XPDL e melhor de tudo é portável, eu fiz o teste, funciona, o XPDL que ela gera é a última versão, no momento(09/06/2009) que é XPDL 2.1.

Ainda é possível validar se o seu fluxo está correto em termos de bpmn, ele mostra de maneira amigável onde estão os problemas fazendo assim como que os usuário especialistas de negócio consigam usar a solução de maneira fácil.

Já testei algumas solução de modelagem com BPMN sendo que eu acho a solução muito mais leve, fácil de usar, amigável e funcional do que as soluções de grandes players como IBM(Modeler), ORACLE(BPM Studio, Aris), Intalio(Studio). Outra noticia boa essa ferramenta está em português.

Neste post não estou avaliando a solução inteira de BPMS mas sim só a parte de modelagem e nesse ponto acredito que o editor da BizAgi é o melhor. Você pode fazer download do produto aqui.

Um Exemplo

Fiz um processo de exemplo fictício sem comprometimento com a realidade só para mostrar a solução. Veja o diagrama a baixo:

Processo de Exemplo

Esse é um processo simples, onde existe o cliente a empresa que aluga carros e o DETRAN que indica para a empresa que aluga carros se os locatários tem multas ou não. A ferramenta gerou esse XPDL que é portável, confira a baixo:





2.1
BizAgi Process Modeler.
2009-06-09T22:42:03.0115306-03:00
Alugar Carro





CO





São enviados os dados do cliente ao DETRAN e com esses dados ele verifics se existem multas ou não para esse cliente.



Cliente é quem deseja alugar um carro, para isso além do dinheiro ele deve apresentar seus dados.











































































2009-06-09T22:42:03.0645306-03:00



BizAgi Process Modeler.
1.0
CO








2009-06-09T22:42:03.0665306-03:00



BizAgi Process Modeler.
1.0
CO




















false













false













false












false












false














false










false















false















false















false











false
























































































































Você pode ver esse XPDL em uma solução open source feita em Java, que é o together workflow editor. Ele importa todo o processo 100%, alguns elementos aparecem meio estranhos, por que o foco é XPDL e não BPMN, mas o fluxo de negócio esta lá certinho :).

Por que esses erros? Simples por que a ferramenta open source de XPDL é em cima de XPDL 1.0 e conforme dito antes o BizAgi gera o XPDL 2.1, isso também mostra que não existe uma boa compatibilidade para traz do XPDL, isso só comprova o post anterior no qual falei dos problemas de compatibilidade.

Outro detalhe que eu não falei, as soluções de modelagem de BPM não costumam ter bons facets nos projetos. Sim Facets, vou explicar o que é isso. Bom no eclipse que é um IDE de desenvolvimento Java os projetos tem factes, por exemplo existe um facets para EJB então posso escolher entre as versões 2.0, 2.1 e 3. A ferramentas de modelagem de BPM não tem essa opção logo é aquela versão de BPMN e de XPDL, infelizmente isso se o BizAgi também.

A Solução da ORACLE o BPM Studio só importa XPDL 1.0 ou 2.0, logo o do BizAgi não entra lá e nem do IBM Modeler, por sinal a IBM adora ficar com versões, alpha, beta, draft, etc... Mas o BPM Studio da ORACLE também não gera um XPDL 100% on rails, por que ele gera um XPDL2.0alpha. O mesmo que não importa no BizAgi.

Se vocês quiserem baixar os recursos deste post, diagrama bpmn, imagem e XPDL confiram nesse url. Em outros posts mais pra frente vou falar um pouco mais de BPM e outras formas de fazer mapeamento de negócio.

Para fechar com o BizAgi que como disse antes para mim é a melhor solução de modelagem, pensando só em modelagem, é uma abordagem válida para empresas que querem começar a mapear os seus processos para ajudar no desenvolvimento e para melhorar o funcionamento da empresa, para aplicação de uma solução de BPMS completa precisamos ter mais critérios, mas ai já é história para outro post.

Abraços e até a próxima.

Popular posts from this blog

Telemetry and Microservices part2

Installing and Running ntop 2 on Amazon Linux OS

Fun with Apache Kafka