Hybridizing Java -> outra visão

Ao ler o artigo do Bruce Eckel no artima(link do artigo) refleti sobre alguns coisas que gostaria de comentar.

Nesse artigo ele expõe diversas partes falhas do java e das soluções feitas em java, algumas até concordo com ele que são falhas mesmo. Na verdade lê está vendendo o seu peixe o Adobe Flex, que é baseado em flash. O que Bruce alega é que o flash é a verdade máxima em cross-browser e cross-so. Existem outros pontos muito importantes no java que ele não pesou no seu ponto de vista, eu gostaria de pesa los, são eles:

  • - JCP: ter toda uma gama de empresas pensando em uma especificação universal.
  • Comunidade: Existe uma comunidade muito grande que: cria,mantém,aprimora muitas e muitas soluções em java.


  • Na minha opinião esses são os maiores pontos do java. Existem soluções JSF que resolvem esse problema dos browsers isso parece que ele não levou em consideração.
    Quanto a JS e CSS não vou nem mencionar por que acho que ele está coberto de razão.
    Tem que ser um mega expecialista para desenvolver com essas tecnologias e conseguir manter a premissa de Cross-Browser. Quanto ao JMF(Java Media Framework), bom realmente é uma bomba, mas acredito que a melhor utilização java esteja em JME e JEE(aplicações corporativas).



    O Ponto que temos de levar em consideração quanto ao Flex em minha visão é:
    - Vamos ficar dependentes de um unico fornecedor o flash.
    - Ele fala no artigo que não aguenta mais aprender sobre GUI, bom vai ter de aprender flex.(já se contra diz).
    - Flash é meio lento.

    Java não é a solução para todos os problemas, Existem boas aplicabilidades para o Flex mas no mundo corporativo? Cabe a nos fazer essas escolhas.

    Bom espero que não tenha que estrepar alguns pescoços stygios para que vocês entendam isso, Cães rotundos.

    Popular posts from this blog

    Telemetry and Microservices part2

    Installing and Running ntop 2 on Amazon Linux OS

    Fun with Apache Kafka